M5: Não me vou perder – episódio I

Salam Aleikum!

Hoje vesti a minha t-shirt cor-de-laranja, apenas para chatear. O medo é tudo aquilo que não devemos ter.

Os riads multiplicam-se que nem cogumelos por tudo quanto é canto. Não tem janelas para o exterior. Tudo é virado para um pátio central. Depois do pequeno-almoço, vou para a rua com um único objectivo: conseguir encontrar o caminho de regresso ao riad, mesmo no centro da medina. Insha’Allah!

Mal ponho um pé na rua, recordo-me de algo que o Rui uma vez me disse: “Quando lá estive, via talibãs por todo o lado.” Confirmo. Mas um gajo habitua-se rapidamente.Modéstia à parte, a minha capacidade de orientação é bastante razoável. Até hoje.

Sigo o mapa com um percurso pedestre assinalado, nomes de ruas e atrações principais. Não há motivo para me perder. Entro nos souks.Eu, a memorizar: “Ok, esta rua não vem no mapa. Virei perto do portão azul.”

Eu, mais à frente: “Esta praça também não vem no mapa. Segui em frente e passei pelo arco branco.”

Eu, alguns minutos depois: “Virei à esquerda e depois segui a calçada de cimento.”

Eu, no centro de outra praça: “Vou entrar na segunda rua, a contar da janela castanha.”

Eu, já com o mapa no bolso: “Sigo a placa que indica a praça Mellah”. (a praça não está no mapa)

Eu, com o mapa e o nome da rua em inglês a olhar para uma placa em árabe: “Já foste!”

Eu, com o cérebro a entrar em curto-circuito: “Deixa-te ir Rui. O pior que pode acontecer é teres de parar na fronteira com a Argélia.” 

Não há mapa, não há capacidade de orientação, não há memória que nos valha. Go with the flow é o lema. Andar toda a manhã perdido nem é assim tão mau. Os níveis de adrenalina aumentam bastante. Os riscos também.Estou a beber um chá de menta numa esplanada panorâmica na famosíssima praça Djemma el-Fna. Vida de mercado é muito stressante para mim, apesar de eu adorar tudo o que é marroquinaria. 

Preciso descansar e reorganizar as ideias … e o dia. Vou iniciar a segunda tentativa para chegar à Al ben Youssef Medersa, onde se estuda teologia. Uma madraça, em bom portugês.Almoço uma tagine berbere (adoro tagines) enquanto “encantadores” de serpentes e símios presos por correntes sacam dinheiro aos turistas. Conseguiram levar-me 1 dólar (e pediam 10) por uma foto, que nem ficou nada de jeito. 

Chego à madraça, depois de ter percebido que a minha escala mental estava desalinhada com a do mapa. No regresso alguém me chama e indica o lugar onde se tratam peles. Sigo-o (erro crasso). Depois de algumas centenas de metros em zonas onde não anda um único turista, decido agradecer-lhe e voltar para trás. O marroquino não ficou contente. Provavelmente achou que lhe estava a chamar terrorista. O seguro morreu de velho.Edit

Janto na tenda 26 (espero não me arrepender amanhã) mesmo no centro da praça Djemma el-Fna, que é, per si, um mundo à parte. O som não podia ser melhor: “Ai se eu te pego”, de Michel Teló. 



A noite transforma a praça por completo: do nada surgem centenas de restaurantes identificados apenas com um número, vendedores de tudo e mais alguma coisa, animadores de rua, tudo … e claro, aqui tudo tem um preço, até tirar uma fotografia.

O mais curioso é o negócio dos sumos: bancas repletas de laranjas anunciam um refresco acabadinho de fazer. Depois da compra, o sumo é simplesmente retirado de um bidão de 50l. Marroquinos. Enfim.



De Marrakesh levo os souks labirínticos com ruelas estreitas e desalinhadas. Os cheiros das especiarias, das ervas e das ruas. As lojas de peles, metais, tecidos e barro, porta sim, porta sim. A agitação nocturna da praça Djemma el-Fna. 

Um bom fotógrafo deliciar-se-ia em Marrakesh. 

Marrakesh, 4 de Março de 2015

Advertisements

2 thoughts on “M5: Não me vou perder – episódio I

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s